Suzuki: A história sobre duas rodas

Em 1909, numa pequena vila do litoral japonês, Michio Suzuki (1887-1982) deu início às suas atividades, fabricando grandes teares para a indústria da seda.

Porém, Michio Suzuki prevendo uma possível necessidade mercadológica, passou então a se concentrar na indústria automobilística e em 1952, após a II Guerra Mundial, apresentou sua primeira bicicleta motorizada a “Power Free”.

Feita para ter um baixo custo e fácil manutenção, usava um motor de dois tempos de 36cc acoplado ao quadro de uma bicicleta tradicional, facilitando a mobilidade da população.

Tal inovação originou diversos outros modelos, nascendo assim, uma das empresas mais reconhecidas em todo o mundo, a Suzuki Motor Corporation.

Dois anos depois, em 1954, a Suzuki produzia cerca de seis mil motos/mês. E então, em 1958 o famoso “S” da Suzuki fez sua primeira aparição, passando assim, no ano seguinte a ser o logotipo oficial da marca.

Atualmente, a Suzuki conta com a representação dos seus produtos pelo mundo em mais de 112 países. São 18 fábricas em 16 países, visando sempre à inovação e alta tecnologia.

São mais de 100 anos de história e contínuo aprimoramento, fornecendo produtos com valor agregado como uma filosofia de fabricação.

Museu Suzuki Plaza Hamamatsu

Localizado na cidade de Hamamatsu, este museu traça toda a história industrial da família Suzuki, a começar pela indústria têxtil, com seus teares, seguida da indústria motociclistica e sua primeira bicicleta a motor.

Dividido em três andares é possível observar os diversos modelos fabricados ao longo dos anos.

As escadas entre os andares são projetadas para parecerem túneis de tempo, levando você do presente ao passado.

Quase todas as telas criativamente projetadas são traduzidas para o inglês, facilitando assim a visita de estrangeiros.

O museu é aberto ao público, porém, as visitas devem ser agendadas.

Ícone Whatsapp Atendimento via Whatsapp