MOTOCICLETAS DO GRUPO J TOLEDO ATRAEM PÚBLICO EM MANAUS

Governador do estado do Amazonas Wilson Miranda Lima

Motocicletas do Grupo J Toledo, com as marcas Suzuki, Haojue e Kymco se destacaram em exposição realizada pela Suframa na 295ª Reunião do Conselho de Administração (CAS)

As inovações, os avanços tecnológicos e a qualidade global das motocicletas e bicicletas fabricadas no Polo Industrial de Manaus (PIM) foram os destaques da exposição realizada na semana passada no hall do auditório da sede da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), para recepcionar as autoridades, empresários, executivos, especialistas de várias áreas da Economia e convidados, que participaram in loco da 295ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração (CAS) da autarquia.

A exposição recebeu cerca de 400 visitantes, que puderam conhecer em detalhe mais de 20 modelos fabricados pela Suzuki, Haojue, Kymco, Yamaha, BMW, Harley-Davidson, Honda, Kawasaki, Caloi, Sense Bike e Oggi Bike, todas elas filiadas à Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – Abraciclo, que apoiou institucionalmente a iniciativa.

O evento seguiu todas as medidas preventivas de segurança em relação ao coronavírus, como uso obrigatório de máscaras, aferição da temperatura dos visitantes na entrada do prédio e disponibilização de álcool em gel 70% para higienização das mãos.

        “O objetivo foi mostrar aos visitantes que, apesar das dificuldades enfrentadas ao longo do ano, as fabricantes do Setor de Duas Rodas instaladas no PIM continuam investindo em avanços tecnológicos, desenvolvimento de veículos de alto valor agregado, eficientes e econômicos e, além disso, preservam os empregos em suas plantas industriais”, afirma Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Presente desde a década de 1970 no PIM, o Setor de Duas Rodas produz quase 2 milhões de veículos por ano, entre motocicletas e bicicletas. Ali estão instaladas as fábricas das 14 associadas da Abraciclo, além de 39 componentistas ligados ao setor.

Com faturamento de R$ 8,7 bilhões de janeiro a agosto do presente ano, correspondendo a cerca de 12,7% do total do PIM, o Setor de Duas Rodas é fundamental para o desenvolvimento da região. Nele são gerados cerca de 13,9 mil empregos diretos e este contingente de profissionais qualificados tem crescido mesmo com os impactos da pandemia, a ponto do total de contratações de 2020 já ser 3,7% superior ao registrado em 2019.

O Setor de Duas Rodas também se destaca no PIM por ser sinônimo de tecnologia e inovação. As fabricantes brasileiras de motocicletas foram pioneiras globais na produção em escala de modelos bicombustíveis (flexfuel). Essas mesmas fábricas também são referência pela implementação do Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares – Promot, que se encontra alinhado às mais rígidas exigências da Europa. 

Crédito: Abraciclo.