Hayabusa: 2019 seria o seu fim pelo Brasil?

Esta é uma imagem de um piloto em cima da Hayabusa com um texto questionando se seria o seu fim.

Muito se especula sobre o futuro da Hayabusa no mundo e principalmente no Brasil.

Após o pronunciamento da descontinuação do lendário Falcão Peregrino pela Europa, muitos fanáticos da “Busa” começaram a nos perguntar qual será o destino dela pelo Brasil.

Primeiramente, antes de chegarmos nesse assunto, que tal relembrar a história da Rainha das Estradas?

Mais uma imagem ilustrando a Busa: a Rainha das Estradas.

A Suzuki GSX-1300R, também conhecida como Hayabusa, teve o seu inicío em 1999. Em Japonês, a palavra “Hayabusa” significa Falcão Peregrino, conhecido por atingir altas velocidades ao mergulhar para pegar suas presas.

Suas presas geralmente são os melros (em inglês, blackbirds).

E, por coincidência nenhuma, a Haya tinha a intenção de bater o recorde de velocidade da Honda, a CBR1100XX Super Blackbird.

Na época, a Busa podia alcançar a velocidade máxima de 312 km/h, o que superava em 16 km/h a Honda com a sua Super Blackbird!

Posteriormente, com as leis de velocidade máxima e com a sombra de serem banidas por governos ao redor do mundo no ano 2000, as fabricantes japonesas e europeias concordaram entre elas que a velocidade máxima de suas motos deveria ser de 299 km/h.

Aliás, isso preveniu que a Kawasaki não tirasse o trono da Suzuki com a Ninja ZX-12R, tornando a Haya a motocicleta mais rápida do século XX.

Além disso, por conta de sua velocidade, essas Hayabusas fabricadas nos anos 1999 e 2000 se tornaram os modelos mais cobiçados e valorizados por todos os fãs de Suzuki ao redor do mundo.

Porém, em 2018, os europeus disseram adeus à gloriosa e icônica Hayabusa GSX 1300R.

Por não serem condizentes as normas ambientais de emissão de poluentes, a imprensa internacional deixou claro que o modelo será descontinuado por lá.

Estas normas entram em vigor na Europa neste ano, 2019.

Ainda mais, a motocicleta já não atendia às normas do Euro 4 que passaram a valer em 2016.

Entretanto, para a felicidade de muitos suzukeiros, a Busa não será descontinuada no Brasil. A Hayabusa seguirá firme e forte aqui pelo Brasil sem previsão de descontinuação.

Mais uma imagem mostrando a Hayabusa em uma estrada em alta velocidade.

Diferente da Europa, o Brasil atende as normas da Promot 4, permitindo que a Hayabusa continue sendo fabricada e comercializada no país!

Curtiu a notícia?

Então, aproveita e deixa pra gente o que você achou da descontinuação da Rainha das Estradas na Europa?

E não se esqueça de nos seguir em nossas mídias sociais!

Como Instagram, Facebook, Twitter e Youtube para ficar por dentro de todas as novidades da Suzuki Brasil.