Rins garante 9º podium à Suzuki no GPValencia

 

O Circuito Ricardo Tomo em Valência foi cheio de choques e surpresas antes dos fogos de artifícios marcarem o final da temporada 2018 do MotoGp no GPValencia . Mas a equipe Suzuki Ecstar garantiu um nono podium.

Após um fim de semana de descanso, os pilotos sabiam que a corrida seria desafiadora. Enquanto as luzes se esvaiam, Alex Rins disparou para a segunda posição. O jovem espanhol não olhou para trás e construiu sua jornada marcando várias “voltas mais rápidas”. Enquanto isso, Andrea Iannone também fez um bom começo. No entanto, as condições pioraram e o italiano bateu. A chuva continuou, o que dificultou muito a corrida para os pilotos. Na volta 15, os organizadores levantaram a bandeira vermelha por razões de segurança.

Ao retornar, os pilotos restantes se alinharam pela ordem da classificação até aquele momento. Rins estava liderando, mas após uma disputa com Dovizioso e Rossi, foi para a terceira posição. Rossi sofreu uma colisão faltando 4 voltas, e Rins precisava manter-se alerta e assegurar a segunda posição – não era fácil! No entanto, com cuidado e precisão, o número 42 conseguiu o quinto podium da sua temporada garantindo a segunda posição.

 

Alex Rins

“Eu estou muito feliz, tivemos um fim de semana incrível. Durante a primeira parte da corrida, eu liderei por doze ou treze voltas, e consegui ir bem, mas quando começou a chover Dovizioso e Rossi me alcançaram. A segunda metade da corrida, após a parada, eu continuei mais ou menos com a mesma estratégia, tentei o melhor começo possível, e me esforcei muito, porque eu realmente queria o podium e o quinto lugar no campeonato. É ótimo ter alcançado outro podium. Espero que ano que vem eu esteja na frente na maioria das corridas, tivemos muita experiência este ano e acho que estamos prontos.”

Andrea Iannone 

“Eu queria terminar bem a temporada, mas não consegui. Estava recuperando algumas posições e estava a frente do meu grupo, mas as condições dificultaram bastante e eu perdi a traseira da minha moto. Este ano não foi muito fácil mas tivemos vários momentos positivos, e foi um prazer trabalhar na Suzuki com essas pessoas maravilhosas e esta grande fábrica. Na segunda-feira, começo um novo capítulo e uma nova aventura. Boa sorte para Alex, Joan Mir e Suzuki para o futuro”

Classificação no GP Valencia

1. Andrea DOVIZIOSO Ducati Team 24’03.408
2. Alex RINS Team SUZUKI ECSTAR +2.750
3. Pol ESPARGARO Red Bull KTM Factory Racing +7.406
4. Michele PIRRO Ducati Team +8.647
5. Dani PEDROSA Repsol Honda Team +13.351
6. Takaaki NAKAGAMI LCR Honda IDEMITSU +32.288
7. Johann ZARCO Monster Yamaha Tech 3 +32.806
8. Bradley SMITH Red Bull KTM Factory Racing +33.111
9. Stefan BRADL LCR Honda CASTROL +36.376
10. Hafizh SYAHRIN Monster Yamaha Tech 3 +37.198
11. Scott REDDING Aprilia Racing Team Gresini +44.326
12. Jorge LORENZO Ducati Team +46.146
13. Valentino ROSSI Movistar Yamaha MotoGP +52.809
14. Karel ABRAHAM Angel Nieto Team +1’10.628
15. Jordi TORRES Reale Avintia Racing +1’16.739

Classificação final MotoGP 2018

1. Marc MARQUEZ Honda 321
2. Andrea DOVIZIOSO Ducati 245
3. Valentino ROSSI Yamaha 198
4. Maverick VIÑALES Yamaha 193
5. Alex RINS Suzuki 169
6. Johann ZARCO Yamaha 158
7. Cal CRUTCHLOW Honda 148
8. Danilo PETRUCCI Ducati 144
9. Jorge LORENZO Ducati 134
10. Andrea IANNONE Suzuki 133
11. Dani PEDROSA Honda 117
12. Alvaro BAUTISTA Ducati 105
13. Jack MILLER Ducati 91
14. Pol ESPARGARO KTM 51
15. Franco MORBIDELLI Honda 50
16. Hafizh SYAHRIN Yamaha 46
17. Aleix ESPARGARO Aprilia 44
18. Bradley SMITH KTM 38
19. Tito RABAT Ducati 35
20. Takaaki NAKAGAMI Honda 33
21. Scott REDDING Aprilia 20
22. Michele PIRRO Ducati 14
23. Karel ABRAHAM Ducati 12
24. Stefan BRADL Honda 10
25. Mika KALLIO KTM 6
26. K. NAKASUGA Yamaha 2
27. Xavier SIMEON Ducati 1
28. Jordi TORRES Ducati 1
29. Thomas LUTHI Honda
30. Mike JONES Ducati
31. Sylvain GUINTOLI Suzuki
32. Christophe PONSSON Ducati