Conheça a história Suzuki Racing : 1960-1967

A Suzuki Racing iniciou em circuitos internacionais em 1960. A primeira tentativa foi de participar da difícil Isle of Man TT.

A Suzuki participou com a Colleda em 1960. A moto era pequena, mas o motor era muito confiável e, poderia facilmente atingir altas rotações, mas faltava potência em rotações menores.

Onze competidores não conseguiram terminar a corrida, mas todos os pilotos da Suzuki passaram pela linha de chegada, o que foi uma demonstração excelente de confiabilidade das Colledas.

O contador de voltas mostrava que de qualquer forma a Suzuki ainda teria muito a aprender. A mais rápida das Colledas atingiu uma velocidade de 71,88mph com um tempo de 1.34.29.6 (o tempo do vencedor foi de 1.19.21.2 e a velocidade de 85.61mph). Os pilotos da Suzuki Toshio Matsumoto, Michio Ichino e Ray Fay (um americano que substituiu Mitsuo Itoh, a qual havia sofrido um acidente durante os treinos) ficaram na 15ª, 16ª e 18ª posições respectivamente. Os resultados foram modestos, mas vitais.

Após a Isle of Man TT, a equipe retornou ao Japão para desenvolver as Colledas.

 

Moto Colleda RT 60 1960 da Suzuki Racing
Moto Colleda RT 60 1960 da Suzuki Racing

 

A primeira tentativa da Suzuki para entrar no Grand Prix internacional não foi um sucesso imediato. Demorou dois anos até que a Suzuki começasse a vencer as corridas na Europa.

 

Foto da equipe Suzuki em um jornal inglês antes da competição Isle of Man TT em 1960

 

História Suzuki Racing: 1961

 

A equipe participou novamente da Isle of Man TT, como equipe Suzuki. Com um piloto habilidoso, a moto aumentava a sua aceleração rapidamente e poderia atingir a velocidade máxima de 195kph. Infelizmente, a aceleração e a velocidade foram substituídas por um cascata de falhas assim que o motor atingiu sua temperatura de funcionamento.

Suzuki contratou Hugh Anderson da Nova Zelândia e Alastair Kinf da Escócia para pilotarem.

Após o fracasso na Isle of Man, a Suzuki fez uma nova tentativa no GP alemão, não tendo resultados muito melhores.

Mesmo assim, 1961 foi um bom ano para a equipe Suzuki, O piloto Ernst Degner deixou a Alemanhã oriental e a equipe Suzuki que estava desesperadamente precisando de ajuda para melhorar suas máquinas, conseguiu contratá-lo para auxiliar no desenvolvimento das motos Suzuki.

 

 

Suzuki RT61 1961 da Suzuki Racing
Suzuki RT61 1961

 

 

Suzuki RV61 1961 da Suzuki Racing
Suzuki RV61 1961

 

Cinco Suzuki 125cc da Suzuki Racing
Cinco Suzuki 125cc

 

Ernst Degner (à esquerda) deixou a Alemanha Oriental e se juntou à equipe Suzuki no final de 1961. Degner era um excelente piloto mas também um brilhante engenheiro. Durante o inverno de 1961-1962 Degner ajudou a Suzuki a desenvolver uma nova geração de máquinas Suzuki.

 

 

Suzuki RM62 1962 da Suzuki Racing
Suzuki RM62 1962

 

Suzuki RT62 1962 da Suzuki Racing

Suzuki RT62 1962

 

Suzuki RT62D 1962 da Suzuki Racing
Suzuki RT62D 1962

 

 

 Suzuki RV62 1962 da Suzuki Racing

Suzuki RV62 1962

 

História Suzuki Racing: 1962

 

Campeões do mundo! Ernst Degner, leva a primeira vitória TT da Suzuki ao vencer a corrida de 50cc . Ele passa a vencer o campeonato mundial de 50cc no mesmo ano, dando a Suzuki seu primeiro título mundial. Mais cinco títulos 50cc seguiram nos próximos seis anos.

 

História Suzuki Racing: 1963

 

Suzuki RM63 1963 da Suzuki Racing
Suzuki RM63 1963
A primeira foto mostra a moto com o equipamento de corrida. A segunda sem este equipamento.

 

Moto Suzuki RT63 1963 da Suzuki Racing
Suzuki RT63 1963
A primeira foto mostra a moto com o equipamento de corrida. A segunda sem este equipamento.

 

 

História Suzuki Racing: 1964

 

No GP japonês, a última corrida do ano, a Suzuki participou com a RT64A, uma evolução da RT63, com um motor refrigerado à água. Enrst Degner venceu a corrida. A Suzuki não desenvolveu o motor da RT64A e começou a construir novas máquinas, com mais cilindros.

O desenvolvimento do novo motor com quatro cilindros refrigerado à água (internamente chamado de RK64), começou imediatamente após a GP Japonesa. Mas o desenvolvimento da máquina RK64 não foi finalizado até o fim da temporada. O design do motor foi concluído em Dezembro de 1964, porém os testes do motor de quatro cilindros mostraram muitos problemas.

Então a Suzuki decidiu desenvolveu outro motor de 125cc paralelamente. Se os engenheiros não conseguissem resolver o problema com o motor de quatro cilindros, um de três cilindros talvez seria mais simples de construir? O planejamento do motor que depois tornou-se o de três cilindros RJ66, começou em Novembro de 1965.

Suzuki RZ64 1964 Suzuki Racing
Suzuki RZ64 1964

 

 

História Suzuki Racing: 1965

 

Em 1965, o título da categoria 125cc foi ganha por Hugh Anderson da Suzuki.

 

Outro Campeonato Mundial. Hugh Anderson com a sua Suzuki RT65 de 125cc. Anderson levou o título 125cc naquele ano. No capacete, Anderson carregava as letras NZ, de Nova Zelândia, sua terra natal.

 

História Suzuki Racing: 1966

 

Georg Anscheidt foi outro piloto talentoso que sabia como pilotar a moto Suzuki. Na imagem ele está no GP da Alemanha Ocidental levando sua RK66 de 50cc refrigerada à água para a vitória em Hockenheim.

 

História Suzuki Racing: 1967

 

O piloto sueco Olle Pererson entrou no programa de motocross da Suzuki em 1967.

A moto RS67 125cc de quatro cilindros só participou do GP Japão em Novembro de 1967 e do GP Singapura em Março de 1968.

 

Suzuki RK67 1967 Suzuki Racing
Suzuki RK67 1967

 

Suzuki RS67 1967 Suzuki Racing
Suzuki RS67 1967

 

Katayama e sua moto RS67 no GP Singapura em Março de 1968