Moto mais rara do mundo encontrada atrás de uma parede de tijolos: Traub 1916

Em 1967, um encanador estava realizando restaurações em um prédio próximo de Chicago. Ele derrubou uma parede de tijolos e encontrou o que se provou um mistério para os entusiastas das motos vintage. Atrás da parede estava uma motocicleta única com o nome Traub. O proprietário do prédio confessou que seu filho roubou a moto antes de ir para a Primeira Guerra, e nunca mais voltou. Mas de onde veio a moto e quem a fabricou permanece um mistério até hoje.

Atualmente residindo no Museu das Rodas Através do Tempo (Wheels Through Time Museum) na Carolina do Norte; a Traub é considerada por muitos não apenas a motocicleta mais rara da coleção, mas do mundo.

A Traub foi vendida para Torillo Tachi, um proprietário de loja de bicicletas e, em seguida foi vendida para Bud Ekins (conhecido como o dublê de Steve McQueen).  Ekins estava trabalhando nas gravações do filme Os Irmãos Cara de Pau (The Blues Brothers) no final dos anos 70. 

Mais tarde, a Traub foi vendida para o colecionador e restaurador, Richard Morris. Morris a vendeu para o curador do Museu das Rodas Através do Tempo, Dale Walksler, em 1990. E tem estado em exposição permanente na coleção do museu desde então.

Não pense que esta moto única é uma mera peça de museu. Walksler pilota a Traub regularmente. Quando perguntamos sobre os componentes do motor, ele entusiasticamente respondeu, “Tudo dentro do motor é simplesmente magnífico. Os pistões são feitos a mão, e tem anéis de ferro fundido, a engenharia e a mecânica estão anos a frente!”

“Comparando com outros modelos e fabricações das melhores motocicletas da época, a Traub não tem nenhuma equivalente. Feita de areia fundida, a máquina tem a habilidade de alcançar velocidades acima de 136 km/h facilmente” – diz Walksler.

Fora alguns poucos componentes disponíveis no mercado, a Traub tem muitas características feitas à mão. A transmissão de três velocidades é uma das primeiras do tipo e o freio traseiro é um sistema que emprega uma única câmara, a qual é responsável por empurrar os patins de freio, enquanto o outro puxa o conjunto externo.

“Uma máquina que tem componentes tão avançados, incomparáveis a nenhuma moto da mesma época, é realmente espetacular”, disse Walksler. “Eu acredito que a Traub foi uma tentativa de criar uma nova raça de motos. Mas como pode uma máquina ser produzida de forma tão excelente, com capacidades que excedem de longe qualquer moto da época, sem o conhecimento do resto da indústria motociclística?”

A caça pela origem indescritível da Traub não parou. “Enquanto nós talvez nunca venhamos a descobrir o porquê a moto foi colocada atrás daquela parede, nós esperamos descobrir mais sobre a história dela e o gênio que a criou.” – disse Walksler.

 

Fonte: Heavy.com