GSX S1000FA

Elaborada para o mundo real, a GSX-S1000F ABS é muito mais que uma moto superesportiva: é uma pura roadster esportiva com desempenho ilimitado.

Com visual agressivo e moderno, descende da lendária GSX-R1000, mas com agilidade e conforto para você encarar as estradas mais distantes. Sinta o vento no rosto que só a lendária GSX S1000F ABS pode te proporcionar. Vá além das suas expectativas!

GSX-S1000F - Blue Triton Metallic (YSF)

*R$ 58.338,00 OU A VISTA POR:
R$ 54.135,00
*Frete não incluso
Consulte-nos para condições de troca
Financiamento Subsidiado pela Fábrica
Taxa Zero
  • Entrada R$ 11.668,00 +12x R$ 3.984,00
  • Entrada R$ 29.169,00 +24x R$ 1.261,00
Taxa 1,05%
  • Entrada R$ 11.668,00 +48x R$ 1.273,00
Emplacamento Grátis
IPVA Grátis

a pura roadster esportiva

Do DNA de uma lendária superesportiva, nasce a pura roadster esportiva: a GSX-S1000F. Uma motocicleta construída para o mundo real.

Por baixo da compacta carenagem desta eletrizante máquina está o genuíno motor e os principais componentes da campeã mundial GSX-R1000. Tudo em um pacote confortável construído para os prazeres da estrada. Conheça a estrada com um desempenho lendário. Vá além de uma moto superesportiva. Pilote uma pura roadster esportiva.

desempenho lendário afinado para as ruas

A GSX-S1000F é alimentada por uma versão de rua do motor de quatro tempos, quatro cilindros em linha, DOHC, refrigerado à água e de 999cm³ que se tornou uma lenda nas GSX-R1000 2005 a 2008. Os novos motores afiados entregam uma suave resposta do acelerador e uma aceleração imediata e controlada, para que o piloto esportivo tenha experiências de adrenalina. O design de curso longo com um diâmetro de 73,4mm e um curso de 59,0mm permite que as câmaras de combustão sejam compactas. E, portanto, permite a combinação de uma taxa de compressão perfeita, com um pistão de cabeça reta e uma ampla potência ao longo das rotações.

Os avanços dentro do motor começam pelos pistões. A Suzuki utilizou técnicas de “Análises de Elemento Finito” para tornar o pistão leve sem comprometer sua rigidez. Entre os benefícios estão o amplo torque e a rápida aceleração. Novos perfis para o comando otimizam o tempo de válvula para atingir uma potência característica que seja ideal para a cidade e estrada. Velas de Iridium garantem uma faísca potente para uma combustão eficiente que se traduz em um aumento de potência, resposta do acelerador linear, fácil partida do motor e uma lenta estável. Cada cilindro é revestido com um composto de competição Suzuki, desenvolvido em pista de Silicone de Fósforo e Níquel (nickel- phosphorous-silicon-carbide coating), que reduz o atrito, aprimora a transferência de calor, durabilidade e vedação de óleo, e é conhecido como Suzuki Composite Electrochemical Material (SCEM). Um novo design de radiador com um formato redondo ajuda a manter a temperatura do motor constante. As proteções guiam o ar ao centro do radiador. Um radiador de óleo refrigerado a líquido é mais leve e compacto. Suas dimensões pequenas ajudam a manter o visual moderno da motocicleta ao deixar mais espaço para o sistema de escapamento.

gerenciamento do motor com tecnologia de ponta

O modulo de controle do motor (ECM) proporciona um avançado gerenciamento e possui configurações que são otimizadas para uma pilotagem esportiva. A “chave” por trás desta tecnologia do controle de ECM é uma versão atualizada do sistema do corpo de admissão com duas válvulas de aceleração ou Suzuki Dual Throttle Valve (SDTV) que sempre fez parte da lendária GSX-R. O SDTV ajuda a assegurar a eficiência de combustão e uma suave entrega de potência.

Bicos injetores com dez jatos de spray contribuem para uma melhor atomização da mistura e promover uma eficiente combustão e consumo de combustível.

A injeção de combustível trabalha em conjunto com um sistema de leitura de O² e um sensor de pressão da admissão para aumentar ainda mais a eficiência de combustão e consumo de combustível. O sistema de escapamento possui design com 4 canos que afunilam para 2 e depois para 1, com canais equalizadores entre os canos dos cilindros 1 e 4, e 2 e 3. O sistema melhora os pulsos de escape para uma potente entrega de potência em baixas e médias rotações. A câmara de exaustão após a junção fica bem abaixo do motor, tornando o abafador pequeno, para um visual limpo e ágil. Um catalizador na câmara de escapamento mantém as emissões baixas o suficiente para satisfazer as restritas regulações da Euro 3. O cano de escapamento incorpora o sistema Suzuki de Ajuste do Escapamento (Suzuki Exhaust Tuning - SET). Uma válvula operada mecanicamente abre até certo grau, calculado pela velocidade do motor, posição do acelerador, e posição da marcha. Ela controla as ondas de pressão do escapamento a fim de aprimorar a combustão em baixas rotações.

SISTEMA DE CONTROLE DE TRAÇÃO DE TRÊS MODOS

O avançado sistema de controle de tração Suzuki deixa o piloto controlar o acelerador com mais confiança em diversas condições, pois deixa a pilotagem esportiva mais agradável e menos cansativa. O sistema verifica a velocidade das rodas dianteira e traseira, a posição do sensor do acelerador, a posição do virabrequim e a posição do sensor da marcha 250 vezes por segundo. Reduz rapidamente a potência do motor ao controlar o ponto de ignição sempre que detectar alguma perda de tração da roda. O controle do sistema sobre a entrega de potência do motor é tão suave e natural, que não atrapalha no prazer de pilotar. O piloto pode alterar o sistema para qualquer um dos três modos ou desligá-lo. Os modos se diferem em termos de sensibilidade. O modo um é voltado para uma pilotagem esportiva com mínima intervenção eletrônica do sistema. O modo três dá um máximo controle de tração para pilotagens em condições precárias. O modo dois oferece um equilíbrio que é ideal para típicas condições de estrada.

tecnologias de alto desempenho de frenagem

GSX-S1000F possui as mesmas pinças de freios top de linha da Brembo que a GSX-R1000. Cada pinça possui quatro pistões opostos de 32mm atuando em um disco de 310mm gerando um grande poder de frenagem. Um sistema de anti-travamento (ABS) ajuda a manter o piloto em controle direcional mesmo durante bruscas frenagens. Ele monitora a velocidade da roda 50 vezes a cada rotação da mesma, e equilibra o poder de frenagem com a tração disponível. O controle da unidade ABS possui um design leve e compacto, que ajuda a manter a motocicleta ágil.

'Nota1: dependendo das condições da superfície da estrada como, escorregadia, solta, ou com desnível, a distância de frenagem para veículos equipados com ABS pode ser maior do que para veículos não equipados com ABS. O ABS não pode prever que a roda derrape durante uma frenagem em curva.

Nota2: O ABS é equipado somente na GSX-S1000F ABS.

agressividade em uma forma totalmente diferente

A GSX-S1000F é projetada para parecer selvagem e agressiva – e manter o piloto confortável o tempo todo.

O formato em geral da motocicleta lembra o de uma fera à espreita. A combinação de plásticos e peças pintadas em preto enfatiza a personalidade agressiva e esportiva da motocicleta. E o bico frontal possui um “nariz” com formato afiado e apontado para baixo e painéis laterais inclinados. O guidão Renthal Fatbar possui uma estrutura cônica em alumínio que aumenta a rigidez e corta o peso e vibração. Um acabamento em preto fosco e o logotipo Renthal no centro passam uma imagem de qualidade. O assento do piloto é desenhado para uma pilotagem esportiva. Permite que o usuário se mova com facilidade e proporciona um encaixe perfeito. As luzes traseiras possuem LEDs – diferentemente das lâmpadas convencionais – para uma maior visibilidade e vida útil.

painel de instrumentos completo

O painel de instrumentos toma a forma de um LCD leve e ajustável. Entre as leituras estão o velocímetro, tacômetro, odômetro (parcial e instantâneo), posição da marcha, temperatura da água, a autonomia, consumo de combustível médio e instantâneo, controle de tração e relógio. Uma luz de fundo branca proporciona ótima visibilidade à noite. O display é flanqueado por indicadores de LED para as setas, farol alto, mal funcionamento, ABS, controle de tração, temperatura da água e pressão de óleo.

Chassi projetado para prazeres do mundo real

A Suzuki desenvolveu o novo chassi em um pacote leve e compacto que torna a GSX-S1000F ágil e divertida de pilotar.

Cada aspecto do chassi reflete o foco na boa dirigibilidade e controle em condições do mundo real desde às ruas da cidade até as sinuosas estradas de montanhas.

O quadro central ajuda a assegurar o ágil manejo e boa tração na estrada. Os tubos principais são retos desde a ponta da direção até o pivô da balança. O seu formato é ideal para atingir uma alta rigidez e um baixo peso. A Suzuki utilizou técnicas de Análises de Elemento Finito para manter o quadro ainda mais leve que o da atual GSX-R1000. A balança em liga de alumínio duro vem diretamente da GSX-R1000 atual. É robusto e proporciona uma ótima tração na estrada junto ao visual de motocicleta superesportiva. A Suzuki otimizou a posição de pilotagem para um maior conforto e estreitou a área em contato com os joelhos para uma ergonomia relaxante. A carenagem compacta combina com o assento baixo (815mm do chão) para ajudar o piloto a colocar seus pés no chão facilmente.

Novos e específicos garfos dianteiros invertidos KYB de 43mm proporcionam ao piloto uma pilotagem macia porém esportiva. Eles possuem amortecimento, recuo, compressão e pré carga de mola totalmente ajustáveis. As rodas em alumínio fundido possuem um design novo de seis raios que proporcionam uma combinação de manejo ágil e visual esportivo. Pneus radiais Dunlop (120/70ZR17 na frente; 190/50ZR17 na traseira), providenciam ótima firmeza para uma pilotagem esportiva.

o seu convite ao puro esportivismo

A GSX-S1000F veio para mudar o jogo. Uma roadster com um visual novo e agressivo, descendente de uma lendária superesportiva com agilidade e conforto para o mundo real. Veja as motos esportivas de um novo ângulo: das ruas das cidades às estradas mais distantes. Experimente o puro esporte.

Especificações Técnicas

Potência
150 cv
a 10.000 rpm
Cilindrada
999 cm³
Torque
11,01 kgf.m
a 9.500 rpm
  • Comprimento 2115 mm
  • Largura 795 mm
  • Altura 1080 mm
  • Distância entre eixos 1460 mm
  • Distância ao solo 140 mm
  • Altura do assento 810 mm
  • *MVOM 214 kg
  • Tanque de combustível 17 litros
  • Óleo do motor 3.2 litros
  • Tipo 4 tempos, DOHC, refrigeração liquida
  • Número de cilindros 4 cilindros em linha
  • Diâmetro 73.4 mm
  • Curso 59 mm
  • Cilindrada 999 cm³
  • Taxa de compressão 12.2 ± 0.3 : 1
  • Sistema de lubrificação cárter úmido e bomba de óleo
  • Sistema de partida elétrica
  • Alimentação injeção eletrônica
  • Tipo de ignição eletrônica
  • Potência máxima 150 cv a 10.000 rpm
  • Torque máximo 11,01 kgf.m a 9500 rpm
  • Transmissão manual 6 velocidades
  • Sistema de transmissão corrente
  • chassi dupla longarina superior construido em peças de liga de aluminio fundido e perfil extrudado de liga de aluminio
  • Suspensão dianteira telescopica invertida, mola helicoidal, amortecimento hidráulico com pré-carga da mola e forças de amortecimento de compressão e retorno
  • Suspensão Traseira balança articulda, tipo link com mola helicoidal com amortecimento hidráulico
  • Pneu dianteiro 120/70ZR17 M/C (58W) sem câmara
  • Pneu traseiro 190/50ZR17 M/C (73W) sem câmara
  • Freio Dianteiro duplo disco Ø310mm, pinça de 4 pistões opostos de montagem radial, acionamento hidráulico, sistema ABS
  • Freio Traseiro único disco de Ø250mm, pinça de 1 pistão acionamento hidráulico, sistema ABS
  • Tamanho da roda dianteira Aro 17, liga leve de alumínio
  • Tamanho da roda traseira Aro 17, liga leve de alumínio
  • Db (A) 86,2
  • rpm 5000 rpm
  • Marcha lenta 1150 ± 100
  • Consumo de combustível 19,68 km/L
  • *informações coletadas em laboratório em condições controladas e procedimentos normatizados. Qualquer motocicleta homologada no Promot 4.2 seguem o padrão WMTC Ciclo WMTC dinamômetro
Ícone Whatsapp Atendimento via Whatsapp